Campos do Jordão

Quem é paulistano de verdade, sabe que Campos do Jordão além da família e chocolate, significa o começo da temporada de inverno quando a Páscoa chega. Quem não é, pode aproveitar igual e subir a serra para conhecer essa cidadezinha deliciosa e cheia de aventura. Sim, Campos do Jordão é radical!

E o melhor: não é só na temporada de outono-inverno que dá para se divertir. O destino vale para o verão e primavera também. O clima com sol e temperaturas baixas fez a cidade ser apelidada de “Suiça Brasileira”. De dia, tem diversão e a noite dá para aproveitar uma lareira, um fondue, queijo raclete e um vinhozinho. Ou ainda uma cervejinha direto da fonte, quer dizer, da fábrica da Baden Baden, que ninguém é de ferro. Nem nós aventureiros de carteirinha.

Trilha da Pedra do Baú

A atração mais famosa de Campos do Jordão, para os que gostam de trilha, é o conjunto formado pelas pedras do Bauzinho (1760 metros), Ana Chata (1670) e Baú que fica a 1.950 metros de altitude. A trilha até o topo não é fácil; é íngreme e demora uma hora e meia de caminhada. Chegando lá, ainda é preciso enfrentar uma escadaria formada por 200 ganchos fixados na pedra para apreciar a vista de tirar o fôlego.

pedra do Baú
Pedra do Baú

Além disso, dá para se aventurar no alpinismo, escalada e rapel, mas se você não for praticante, é obrigatória a contratação de um guia especializado.

A pedra fica em São Bento do Sapucaí, cidade há 21 km de Campos do Jordão, e uma estrada chatinha, então nada de fazer esse passeio correndo: reserve um dia inteiro para ele, saindo cedinho e voltando a tarde. Pela sua duração não é permitido a entrada no estacionamento após as 13 horas para não voltar no escuro. Não esqueça de levar comida e bastante água na sua mochila (nada de 1 garrafinha de 500 ml) pois não tem nada lá por perto.

Trilha de Quadriciclo em Campos do Jordão

Estradas de terra e morros, trilhas e cachoeiras não faltam em Campos do Jordão. Tem passeio para todos os gostos e bolsos! Os mais curtos duram meia hora, os longos chegam a duas horas e tem passeio de dia todo, como a trilha para a Pedra do Baú. Os passeios mais procurados são para a Gruta dos Criolos e para o Pico do Imbiri. Diversão garantida! Cada quadriciclo leva 2 pessoas e passa tanto por estradas de asfalto quanto trilhas irregulares de terra. Recomendo muito!

quadricículo campos do jordão
Trilha de Quadricículo

Este mesmo roteiro é possível fazer de Jipe ou um veículo 4×4. No caso de você já possuir um pode contratar apenas o Guia.

Tirolesa em Campos do Jordão

Esta atividade não podia faltar no nosso roteiro! Localizada no lago do Pico do Itapeva (2025 metros), a 12 km do cento de Campos do Jordão, encontramos essa tirolesa, num cenário bucólico, onde a luz refletia no lago, as folhas secas caídas, os cavalos brancos soltos no pasto e um silêncio calmo dão boas vindas aos aventureiros. Para chegar lá, basta apenas seguir as placas para o Pico do Itapeva, onde dá para se chegar de carro por estrada asfaltada e ter uma visão panorâmica de 7 cidades.

A tirolesa possui 100 metros de extensão e chega a 60 km/h passando por cima do lago, e o melhor: custa apenas R$ 25.

Tarundu

O Parque temático Tarundu tem muitas atividades, e pode ser uma alternativa para aqueles dias não muito ensolarados, já que conta com algumas atividades indoors.  Localizado numa área da tradicional hípica, além dos cavalos e pôneis para passeios, tem tirolesa, arvorismo, escalada, paintball, arco e flexa, camas elásticas e o divertidíssimo “Orbit Ball” (bola inflável que você entra e te rolam barranco abaixo). No inverno, rola até uma pista de patinação no gelo. São mais de 30 atividades, mas a maioria é direcionada para o público infantil. Mesmo assim, dá para se divertir e se aventurar.

tarandu campos do jordão
Tarandu – Campos do Jordão

Horto Florestal

Pertinho do centro da cidade (12 km), encontramos a maior reserva de araucárias do Estado de São Paulo, no Horto Florestal. Além dessa atração natural, o Horto tem várias trilhas legais, como a das Quatro Pontes (2 km) que é bem facinha; a da Cachoeira da Gargalhada (4,7 km), que dá também para ser feita de bicicleta e terminar com um bom banho de cachoeira e a do Rio Sapucaí (2,6 km) que já é mais difícil.

Dentro do parque tem também arvorismo, tirolesas e aluguel de bikes para se divertir o dia todo.

Para os dias de chuva e de descanso:

Como nem só de aventuras a gente consegue viver, e sempre aparecem aqueles dias nublados para mudar nossos planos, Campos tem algumas alternativas bem legais:

Campos do Jordão – Amantikir

Surpresa boa da cidade, o parque tem 22 jardins diferentes, representantes de espécies e culturas de diversos países como Inglaterra, Austrália, Alemanha e Japão, reunidos numa área de 35 mil m². Os labirintos de arbustos são uma atração a parte. As visitas podem ser guiadas ou não. O legal é que não é só para ver: dá para interagir também! Lá é permitido pisar na grama, cheirar as flores, tirar fotos e apreciar a vista, que é linda!

Teleférico Morro do Elefante

O tradicional e muito conhecido passeio de teleférico para o Morro do Elefante vale a pena. o Morro está localizado bem no centro da cidade tem 1800 metros de altitude e é possível chegar ao topo pelo teleférico ou trilha. Chegando lá em cima, ainda dá para fazer passeios a cavalo pelos bosques de araucárias e ver a cidade de cima, com suas charmosas casas.

teleférico morro do elefante campos
Teleférico – Campos do Jordão

Passeio de Bonde – Maria-Fumaça e Trem

Dá pra voltar no tempo com esse passeio de 40 min por dentro da cidade no velho bondinho. Os passeios partem da estação Emílio Ribas, ali na Vila Capivari mesmo e no mês de julho, o bondinho é substituído pela maria-fumaça. Para quem quer um passeio mais longo, da mesma estação dá para pegar o trem que vai até Santo Antônio do Pinhal, numa viagem de 2h 30 e que passar pelo Alto do Lageado, a 1.743 metros de altitude, considerado o trecho de ferrovia mais alto do país.

Para aqueles que querem aproveitar um lugar diferente sem dúvida Campos do Jordão é o lugar certo. Clima delicioso, passeios de aventura, roteiros culturais, gastronomia deliciosa…

minigolf campos do jordão

Além de todas essas dicas, passar o dia e a noite no bar da Baden Banden no centro, comer carne de jacaré e javali no restaurante Krokodilo, jogar minigolf e visitar as duchas de pratas são outros passeios que você não deve deixar de fazer.

Vamos ficando por aqui. Espero que tenham gostado e que não deixem de visitar essa cidade mágica!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *